29 de abril de 2013

Os princípios da incerteza


Esse livro apareceu na minha vida em uma aula que quase ninguém prestava atenção, no segundo período, numa palestra que foi provavelmente uma das melhores que eu vi em toda a minha faculdade. A moça palestrante, por sinal, também estava perpetuamente encantada por essa relíquia produzida pela Maira Kalman.

E foi ali, ouvindo apenas algumas palavras e vendo pouquíssimas páginas, que eu me apaixonei. Como assim existiam livros que uniam desenhos e reflexões e scans de coisas que caíram de outros livros e fotos e pensamentos sobre a vida de pessoas históricas? Um livro que foi escrito e desenhado pela autora.

Maira Kalman transformou sua coluna mensal no site do New York Times no "The Principles of Uncertainty". A cada mês, sob um tema, há uma série de desenhos e reflexões, quase como um diário visual.

Na época, eu era uma estudante vivendo de mesada e contando moedinhas até pra pegar um ônibus. O livro ficou fora de cogitação. Felizmente, uma boa parte dele está disponível na internet, e eu pude acalmar minha ansiedade pelos próximos anos. Esse ano, eu posso dizer que ele foi com certeza uma das melhores compras que eu já fiz.
Esse livro te faz submergir. Você se sente não só conversando com a autora, tomando um café e comendo um bolo, mas quase dentro da mente dela. Vemos as coisas que ela percebe e de repente tudo é tão belo e tão triste, mas tão glorioso ao mesmo tempo. Vemos pessoas de costas caminhando e isso parece tão sublime. 
Eu vi pedaços de Nova Iorque como se fossem minha própria cidade. Vi histórias que parecem minhas. Vi coelhos gigantes e penteados exóticos. Me vi. E vi você, e vi todo mundo e o mundo.



Ela escreve com coragem, questionando sobre as verdades e mistérios da vida como muitas vezes silenciamos dentro de nós. Nos expõe até a última camada. Mas dessa coragem vem o prazer, e a possibilidade de encontrar a beleza no nosso cotidiano. Vem o carinho, um abraço protetor. Estamos aqui, incertos, oscilantes, misteriosos, mas não estamos sozinhos.

3 comentários:

  1. QUERO
    eu lembro desse livro, dessa pagina da velhinha. vc me mostrou o blog da palestrante né? :D

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Poxa, muito obrigada! O livro é realmente muito bom :)

      Excluir